Você esta aqui: Home > Histórico

Histórico do Haras Vale do Aretê

Nossa história tem início em 1978, quando a aquisição do terreno deu início à realização do antigo sonho do grande amante dos cavalos Dr. Arnaldo J. Ganc.

A criação do cruzado de lusitano no início propiciou a produção de bons cavalos lusitanos de esporte com destaque para o Danton do Aretê (salto), grande vencedor de provas ao cronômetro em altura de 1,20m, e também o Gulliver do Aretê, animal de destaque em provas de enduro.

Iniciada a criação de animais puros, veio a primeira importação, com animais já de destaque como a Grande Campeã Fêmea Zabala, sua filha, a Campeã égua Jovem Faena e seu irmão Galápago, que além de ter conquistado títulos como Campeão Potro Lusitano e Grande Campeão Macho, foi o primeiro animal Lusitano a competir em Adestramento Clássico no Brasil, já conquistando importantes títulos como o Campeonato Paulista e o Vice-campeonato Brasileiro de Cavalos Novos.

Estava traçado um rumo, e isso definiu nossa linha de seleção e escolha de reprodutores e matrizes.

Todos os reprodutores usados pelo Haras começaram a ser testados e aprovados por seus méritos funcionais para poderem ingressar na vida reprodutiva, na tentativa de produzirmos animais funcionais e adequados às demandas de cavaleiros de competição e lazer.

Com a segunda importação vieram outros animais de destaque, dentre eles a Campeã de Progênie Estria e o Medalha de Ouro Lancelote, além de matrizes produtoras de grandes vencedores como a Laila, a Farpa, a Falcata e a Escopeta, todas tendo produzido vencedores em morfologia ou adestramento.

Depois do Galápago vieram muitos, e a vitoriosa campanha do Vale do Aretê inclui o sucesso de animais próprios e de clientes e parceiros que enviaram animais para serem treinados e competirem sob a sela do nosso cavaleiro André Ganc. Neste grupo vale citar os queridos Obtuso e Nirvana Interagro, ambos muito bem sucedidos no Adestramento Clássico, o Quarteto do Top e o Nimbus do Mirante, ambos treinados por nós e tendo obtido excelente campanha nos EUA, o Que-Craque, grande vencedor no Brasil e hoje competindo em alto nível na Austrália, o Uruguai do Aretê, treinado aqui e tendo vencido provas no forte circuito de West Palm Beach, O Herodes do Alentejo, por nós importado, treinado e apresentado, com importantes vitórias aqui no Brasil e hoje bem feliz nos EUA. Alias é grande e continua, mas o importante para nós é dizer que temos enorme carinho por todos esses cavalos e nos orgulhamos de fazer parte de sua história.

O fato de nosso foco ser a produção e treinamento de cavalos funcionais não excluiu o sucesso nas pistas de morfologia, valendo citar a égua Querência do Top, que se sagrou QUATRO vezes Campeã dos Campeões em Exposições da raça, e seu filho Xangô do Aretê, Campeão no Adestramento e sempre aparecendo nas primeiras posições em pistas de morfologia.

Hoje estamos desenvolvendo animais jovens, com muito potencial tanto genético quanto funcional, e já aparecendo em pista. Na Série Forte II o Utopia vem fazendo uma campanha sólida e ascendente apesar de sua pouca idade, e nas categorias de base o Xangô vencendo e o Ajax sendo preparados são exemplo disso.

Nos alegramos de ter animais criados ou treinados por nós competindo em quatro continentes e esperamos continuar nesse caminho.

Haras Vale do Aretê - Adestramento e Lusitanos - Fones: (11) 9.9994-9500 / 9.9981-1257 - Email: contato@valedoarete.com.br
Briquezi Soluções